Rigidez mental – aprenda a usar a mente a seu favor

Você conhece aquela pessoa que acha que é dona da razão?

Sabia que, assim como o corpo, nossa mente também pode ser treinada para ficar ágil, forte e, acima de tudo, flexível?

Leia este post para descobrir o que é a rigidez mental e como treinar a mente, usando ela a seu favor para crescer, evoluir e conquistar o que deseja!

O que é a rigidez mental

rigidez mental acontece quando nos prendemos a certos padrões e não nos abrimos para aprender coisas diferentes.

Começamos a construir a rigidez mental já a partir do nascimento, onde cada aprendizagem abre novas portas, mas também fecha outras.

À medida que crescemos e formamos nossa própria imagem do mundo. Estamos cheios de estereótipos, preconceitos e crenças que são muito difíceis de remover.

Contudo, a rigidez mental não se refere apenas às ideias mas, principalmente, à maneira de pensar.

Ela nos torna prisioneiros, diminui nossa capacidade de adaptação, criatividade, espontaneidade e positividade. Além disso, nos impede de crescer intelectualmente e emocionalmente.

Como é alguém assim?

Normalmente pessoas rígidas mentalmente são aquelas que:

  • Pensam que só há um “modo adequado” de fazer as coisas.
  • Assumem que a sua perspectiva é a única correta e que o resto está errado.
  • Não estão abertas à mudança porque isso as assusta.
  • Se apegam ao passado e recusam se mover.
  • Possuem o desejo de ter razão a todo custo.

Elas não percebem que este desejo é extremamente prejudicial. Porque a possibilidade de estar errado e cometer erros é, justamente, a principal ferramenta de aprendizado e crescimento.

Nós não podemos crescer e realmente assimilar novos conhecimentos, seja a nível intelectual ou emocional, se não nos dermos conta de que o que sabemos pode estar errado. Ou pelo menos ser insuficiente.

Flexibilidade mental

Flexibilidade mental é saber que qualquer decisão que tomamos, sempre abre diante de nós um mundo de possibilidades. Portanto, é estarmos dispostos a nos equivocar, não ter medo dos erros e tentar entender e abraçar as coisas novas ou pontos de vista diferentes dos nossos.

Uma das principais características das pessoas que têm uma certa flexibilidade mental, é ser capaz de perceber que decisões erradas não são “más decisões”. E sim, que qualquer decisão é boa se for seguida pela disposição de ver o lado positivo disso.

Como se libertar da rigidez mental?

As pessoas que desenvolvem uma maneira muito rígida de pensar, de certa forma, estão se protegendo.

De fato, a rigidez mental também pode ser entendida como uma resistência psicológica.

Quando uma ideia vai contra o que você pensa, você experimenta uma sensação estranha que lhe confunde, paralisa e faz com que feche às razões.

Assim, muitas pessoas simplesmente rejeitam o argumento, sem analisar.

A boa notícia é que quando isso acontece é porque algo no seu interior se dá conta que há um problema. Algo que precisa ser resolvido, embora o processo seja doloroso.

Mas não se preocupe, esta flexibilidade mental, assim como a flexibilidade do corpo, pode ser criada, desenvolvida e mantida.

Para aprender mais sobre isso, baixe agora o eBook Táticas para Explodir a Rigidez Mental!

Compartilhe

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.